Notícias

Publicada em 08 de Abril de 2010 ás 13:34:07
Greve na construção civil de Camaçari-BA

Greve na construção civil de Camaçari-BA
Escrito por Leonardo Severo - 06/04/2010


Após assinar acordo na Superintendência Regional do Trabalho com o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil, Montagem e Manutenção de Camaçari (Sindticcc), sexta-feira (26), a direção do sindicato patronal resolveu voltar atrás e apostar no impasse, desmoralizando a palavra empenhada e documentada. Na segunda-feira (29), quando os operários voltaram para trabalhar, encontraram as obras fechadas e outras inclusive cercadas por policiais militares.

O acordo firmado por representantes das construtoras MCE, MIP, Odebrecht e Penaf, diretores do sindicato patronal, colocou fim a uma greve de 17 dias e garantiu aumento salarial de 10% mais abono de R$ 250,00, totalizando um reajuste de 14%. Um terço dos dias parados seria pago pelas empresas e dois terços pelos trabalhadores.

“Uma vez feito o acordo, fomos para as obras defendê-lo. Como a categoria aprovou, demos por encerrada a paralisação. Quando fomos trabalhar, as obras encontravam-se trancadas e até com policiamento, deixando os trabalhadores nas ruas. Ninguém entendeu nada, foi uma surpresa”, relatou José Gomes de Alcântara, dirigente do Sindticcc e da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria da Construção e da Madeira (Conticom/CUT).

Alcântara explicou que com 12 dias de greve já havia sido fechado o acordo em toda a área industrial do pólo petroquímico, beneficiando sete mil trabalhadores da base. Posteriormente, com a mobilização de outros seis mil operários, foi garantido o aumento para os das demais obras.

Agora o Sindticcc está mobilizando o Ministério Público, Prefeitura e parlamentares para que se somem à pressão sobre o Sindicato patronal, a fim de que ele cumpra com a palavra e com o documento assinado.

 


 

ASCOM - STIM FSA

Leia Também
 
 
 
Rua Humberto de Campos, 151 - Queimadinha- CEP 44026-500
Tel: (75) 3221-6045 - Feira de Santana - Bahia
E-mail: sindmetalurgico@hotmail.com